sapo

SAPO TEK, 11/10/2014 – Capas há muitas, de todas as cores e feitios, mas a VirguCase quer marcar a diferença com a valorização do trabalho dos melhores artesãos, ilustradores e designers nacionais.

A startup portuguesa apresentou ontem as novas capas no Mercado da Saudade em Braga, e os produtos já estão à venda também online através do site e em revendedores selecionados.

Artur Azevedo adiantou ao TeK que as vendas ontem correram bem e estão a surpreender mas lembrou que neste momento a estratégia passa por algumas lojas selecionadas até porque “uma vez que é um produto feito à mão de forma artesanal produzimos série pequenas por isso estamos a seleccionar lojas de produtos portugueses e de objectos de design para ter o nosso produto em demonstração e à venda”, refere.

A coleção de capas para iPad e iPhone da VirguCase diferencia-se pelo recurso a artesãos, ilustradores e designers portugueses, seguindo a estratégia de Artur Azevedo, que tem estado ligado a diversos projetos relacionados com o universo da marca Apple, entre os quais a LojaMac/Promais, a fundação de blogs como o iClub ou a gestão da marca SwitchEasy em Portugal.

A Virgu recupera uma técnica secular utilizada pelos artesãos portugueses na encadernação de livros e junta-a à tecnologia, utilizando materiais inovadores para criar acessórios para iPad e iPhone.

As peças são produzidas à mão, em Portugal, de forma artesanal e com grande atenção aos detalhes.

Para iPhone há capas para modelos a partir do 4 e 4S até ao 5s e 5c. As do iPhone 6 estão prometidas para breve, estando já em produção.

Nos tablets a Virgu tem capas para iPad mini e para as versões iPad 2, 3 e 4,mas também para o iPad Air. E poderá ter de alargar em breve a gama se a Apple lançar novos modelos na próxima semana.

As capas custam entre 49 e 89 euros, conforme o modelo do iPhone/iPad escolhido, e estão disponíveis nas cores vermelho, azul, verde e rosa.

A médio prazo a empresa vai lançar uma nova coleção, mais comercial e já acessível em lojas Apple, mas não está nos planos da VirguCase produzir acessórios para outras marcas. “Estamos completamente focados no cliente Apple. Em acrescentar valor e funcionalidades novas ao produtos que já possuem”, justifica Artur Azevedo.